Já hoje! fado é bondage com Cristina Andrade

22:00 bartô

“Não ouso carpir o fado triste e pesado como um lamento/mas cantá-lo com voz calma do fundo da alma com sentimento./ E tal qual como a Severa ai quem me dera ser um portento /mas não sou baixa nem alta e não me falta descaramento!” in “O Costa do Castelo”, por Hermínia Silva

Eurico Machado – Guitarra Portuguesa
Nuno Estevens – Viola
Fotografia: Catarina Henriques

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s