sábado, dia 22: Dj|Performance Garcia da Selva

Munido de sintetizadores da penúltima geração e dum acordeão de 14 kg, o músico Manuel Lobo, sob o alias de Garcia da Selva, presta homenagem ao Médio Oriente num concerto a não perder, nas caves do Chapitô, no centésimo primeiro aniversário da República Portuguesa.

http://www.facebook.com/garciadaselva

Anúncios

os mesmos bastões a mesma luta – noite anti-repressão hip hop e spoken word

com LBC, Chullage, e muitos mais convidados…

seja em Luanda, na Cova ou na Arrentela, quando um bastão cai no corpo de um irmão ou de uma irmã deixa sempre a mesma marca. reunimos indignações faladas e cantadas contra a escalada da repressão policial, nos bairros aqui ao lado e em todas as ruas onde se luta contra ditaduras. exemplos da resistência pela palavra prometem dar voz a todas e todos cuja resposta que obtêm do Estado, quando se tentam erguer, é a força dos bastões, balas, prisões, ameaças e represálias ferozes.

6ª feira 21/10 – 22h I Bartô, o bar do Chapitô I entrada gratuita

Adelino Gomes, 20 anos depois, relembra a entrevista que fez a Agostinho da Silva

Quinta-feira, 20 de Outubro, pelas 22h, no Bartô, o bar do Chapitô.

“Regresso às conversas vadias” com Adelino Gomes – projecção do episódio e reflexão sobre o legado de Agostinho da Silva

Filósofo, professor, pensador, exilado, caminhante errante. Foram muitas as gavetas em que o quiseram encaixar, mas, na verdade, Agostinho da Silva foi tudo isto ao mesmo tempo e muito mais. Em 1990, quatro anos antes da sua morte, a personalidade dá-se a conhecer ao grande público com o célebre programa televisivo Conversas Vadias. Passados vinte anos trazemos, em colaboração com a Associação Agostinho da Silva, os “entrevistadores” do Professor ao ZonaFranca|Bartô, para uma descontraída conversa sobre a figura, a entrevista em questão e as profundas alterações que se foram operando durante o tempo que nos separa das suas eloquentes formulações. Neste mês senta-se à mesa connosco Adelino Gomes, um dos mais consagrados jornalistas portugueses e um dos mais polémicos entrevistadores do Professor.

Já hoje! fado é bondage com Cristina Andrade

22:00 bartô

“Não ouso carpir o fado triste e pesado como um lamento/mas cantá-lo com voz calma do fundo da alma com sentimento./ E tal qual como a Severa ai quem me dera ser um portento /mas não sou baixa nem alta e não me falta descaramento!” in “O Costa do Castelo”, por Hermínia Silva

Eurico Machado – Guitarra Portuguesa
Nuno Estevens – Viola
Fotografia: Catarina Henriques

esta semana já tem onde passar as noites

Hoje, pelas 22h, mais uma noite (in)continente

Márcio Costa and FunkyPro – concerto

Márcio Costa and FunkyPro reúnem em acústico o funk, o soul, o pop e ritmos do semba. É uma mistura musical composta, original e repleta de energia.
No seu reportório, Márcio Costa apresenta já canções originais, onde a voz e a ecléctica banda são simplesmente um fio condutor das suas influências musicais, tais como: Stevie Wonder, Aretha Franklin, Bonga e James Brown. Interessante ver e ouvi-los.

e esta semana vai poder participar nisto