Dia 22, Flávio Gil em fado é bondage

Com a voz e a alma bem presas ao Fado tradicional, Flávio Gil oferece-nos a sua interpretação genuína e espontânea deste género musical que podia ser o seu Tejo – um leito imenso de emoções e histórias, onde as palavras nos transportam por entre as margens dum “rio-fado”! São, no entanto, os amigos que protagonizam esta noite, em que estão todos convidados a escutar e a cantar: Fado!

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s