1 domingo (in)continente com Patché di Rima

Patché di Rima despertou para o mundo da música em Bissau, no ano de 2000, incentivado pelo grupo Vatos Locos e Cicero Spencer Gomes. Com a sua boa música, empenho e dinamismo, tornou-se conhecido na sociedade guineense, já na banda musical Solo Crioulo, mais tarde como Mantambeza. Além de músico, animava campanhas de prevenção de doenças, defesa de mulheres e crianças, e conquistou um festival de música. Foi o mentor e o produtor da primeira coletânea de música moderna guineense “Guiné no Coração”. Depois de palcos internacionais e muitos prémios, criou o novo estilo musical, o sikó, que diz ser o renascimento da nova identidade africana. Rendez vous de Siko ultrapassa fronteiras e une gerações num forte apelo à reconciliação, formação de quadros e à verdadeira paz para o tão sofrido continente africano. Este será um concerto memorável com a sua garra que inebria multidões!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s