24 quinta-feira quintas dimensões com Flip Grater

Dizem que a melhor arte nasce do sofrimento. Pode ser verdade, mas seja como for para Flip Grater, a sua arte é também o antídoto para qualquer dor. A cantora da Nova Zelândia faz música há 7 anos, com três discos bem recebidos, sendo o último ‘While I’m Awake I’m at War’ , foi editado em Portugal em Março de 2011. Flip tem sido chamada, na Nova Zelândia, de “brunette Stevie Nicks”, referência à vocalista dos Fleetwood Mac, cujo single “Careful”, de cariz mais country, faz talvez lembrar. Um pouco. Mas o reportório é variado e por vezes aproxima-se de um indie-folk perfumado com melodias delicadas.

Entrado 3 euros

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s