dia 7, sexta-feira, Tocatinas com The Big Church of Fire

bichocha_7_dez_2012 Voltamos à estrada já na sexta-feira, com novas criações e o mesmo striptease-feeling.
Serão muito bem-vindas e bem-vindos a partir das 22H no Bartô do Chapitô para uma espécie de festa da espuma no tanque, com boas doses de rock retro forward sex. A The Big Church of Fire vai baptizar a tua nova líbido. E rockar com as tuas crenças. Por isso traz os teus melhores sapatos porque vamos dar-te música a noite toda. E não precisamos de rede.

Reverend Joe and Brother Louie on guitar. Digger Pete on drums.

DJ Set feat. Big Church Sound System

https://www.facebook.com/thebigchurchoffire

Entrada livre 

dia 6, Quintas Dimensões com Bilan

Estimulante músico com origem nas ilhas cabo cabo-verdianas, com a vantagem de uma abordagem que mais urbana, atraída por famílias sonoras diferentes. Natural do Mindelo, veio estudar para Portugal no ano 2000 e tem ficado por cá, crescendo como cantor, guitarrista e compositor. Depois do EP “Ar, Água” (2008), o seu novo registo em disco, “Ilha”, debruça-se sobre o sentimento de saudade que une um povo em grande parte na diáspora. Canta e sente em crioulo. Apresenta-se no Bartô com um lado mais intimista que resulta da combinação de ” Voz e Violão”.

ENTRADA 3 eur

http://www.youtube.com/results?search_query=bilan+filosofia

dia 5, quarta-feira, conversas bravias, filme Doze

21h30, o cinema em Portugal é possível!

Doze, a história de um rapaz emigrante do Leste em Portugal que combate o insucesso escolar com o Surf. Segue-se uma conversa com os diretores do SAL – Surf at Lisbon Film Fest, a título de balanço e antevisão do SAL 2013.

http://www.surfatlisbonfilmfest.com

dia 2, Domingos (in) continente com FINCÁ PÉ

Uma noite com calor. Esta combinação de músicos vão andar à volta da música caboverdiana, mas para dançar, como ritmos como o batuku, funaná e coladeira, aos quais juntam um pouco de regaee.

Paulo – voz e guitarra, Renato – baixo e coro, Hélder Josué – guitarra e voz, Uta Santana – percussão.

a partir das 22h no bartô, ENTRADA LIVRE

Sábados giródisco dia 1- ON THE RECORD(s) – João d’Espiney

À semelhança de alguns ministros, João d’Espiney também não acabou o curso (de Ciências da Comunicação) mas os anos que trabalhou em várias redações já lhe devem dar direito a algumas equivalências. O jornalismo é a sua vida mas a sua grande paixão é a música. Dos anos 60 aos nossos dias. A pista é nossa.

das 22h às 4h, no Bartô  ENTRADA LIVRE

O Junqueira

30 sexta-feira – tocatinas RESTAURAÇÃO DO QUÊ?

 Zona Franca/Bartô, dia 30 de novembro, 23h-4h com discos que O JUNQUEIRA leva de casa

Há 372 anos, os Quarenta Conjurados preparavam a grande conspiração que viria a libertar o país do domínio dos Filipes de Espanha. Parece o início de uma aula de história, de uma história com voltas e revoltas, passagens pela casa partida e idas para a prisão. Até que chegamos ao presente sem percebermos exatamente o que estamos a celebrar quando celebramos este feriado dedicado à… independência. Celebremo-la ainda assim, na véspera deste último feriado da restauração. Conjuremos por uma independência de Filipes e de Angelas, de amos, de fronteiras e de preconceitos, com música daqui e dacolá, livre como queremos. O Junqueira (ex-Bailarico Sofisticado) traz os discos.

ATENÇÃO: até às 4h

Entrada gratuita