Conversa sobre transumanismo!

transhuman2

Anúncios

Oficina de costura: top/blusa

oficina de costura_julho_webMaterial necessário:
0.50m tecido fluido 
linha para alinhavar e coser
tesoura
máquina de costura
agulha e alfinetes

Olhares oblíquos: projecção do doc. “Visita Guiada”

visitaQuarta-feira | 02 de Julho | 21h | Zona Franca | Entrada livre:

Visita Guiada | Tiago Hespanha | 55′ | Pt 2009

Todos os anos vêm a Portugal milhões de turistas à descoberta de um país, um povo e uma cultura. Muitos contactam com guias-intérpretes para os guiarem nessa descoberta. Estes guias transmitem uma história e uma identidade nacional. A forma como constroem essa narrativa, recorrendo a elementos e conhecimentos das mais diversas origens, aponta, antes de mais, para a ideia que temos de nós mesmos e para como nos queremos apresentar aos outros. Este filme toma como ponto de partida a construção dessa identidade e a sua leitura.

Conversas patafísicas: ciência e política

pataPolitica2

Olhares oblíquos: “Via de acesso”

Projecção do documentário “Via de Acesso”

Quarta-feira | 25 Junho | 21h | Entrada livre

Rua de Moçambique 42 (Anjos)

via-de-acessoVia de Acesso | Doc. | 2008 | Nathalie Mansoux
Os últimos habitantes da Azinhaga dos Besouros, na periferia de Lisboa, não têm direito a ser incluídos no Programa Especial de Realojamento. Vivem a demolição do seu bairro, onde irá ser construída uma via rápida.

Reservámos as quartas-feiras para projecções de documentários no pátio da associação, pelas 21h, com entrada livre. Queremos projectar filmes temáticos ou filmes de realizadores independentes que possam suscitar uma conversa em torno do filme.

Olhares oblíquos: projecção de documentários no pátio!

moraraqui

Quarta-feira | 22 de Junho | 21h | Entrada livre

Olhares oblíquos: projecção dos documentários:

“Morar aqui” e “G-L-Ó-R-I-A”

Morar Aqui | 27” | 2008 | Maria Remédio
É um bairro de Lisboa, e no bairro existe uma rua. Nessa rua, pequenos negócios de família ditam a rotina acolhedora do sítio. Gentes que nascem e crescem ali, que se cruzam todos os dias, durante muitos anos, às vezes quase uma vida. Os laços familiares estendem-se aos vizinhos, aos colegas de trabalho, aos transeuntes, aos habitantes do lugar.

G-L-Ó-R-I-A! | 37” | 2013 |
Ana Gandum e Inês Abreu e Silva | Fogo Posto

Onde começa e termina a história de um lugar na cidade? Quais as suas pulsões, os movimentos de vitalidade, de abandono e de suspensão, de sítios que fecham, que abrem e voltam a fechar? G-L-Ó-R-I-A! resulta de um trabalho de pesquisa associando a recolha fotográfica a uma recolha de memórias pessoais e está organizado segundo um itinerário de boémia no bairro da Gloria ligado ao cabaret, à revista, ao strip e ao jazz. Do Parque Mayer ao Hot Club, do Ritz ao Maxime, do Fontória ao Piri-piri, seguimos a premissa de pesquisar e remexer em arquivos fotográficos e videográficos e coloca-los em confronto com imagens captadas hoje em cada um dos locais, somos guiadas pelas vozes de antigos e actuais artistas, empresários, empregados e curiosos… Uns falam-nos do passado, outros do presente, alguns lutam pela sobrevivência, e no meio da deambulação pelo bairro e pelos arquivos, a tentativa de registar e fixar uma narrativa visual falha constantemente.

FICHA TÉCNICA
Guião | Ana Gandum e Inês Abreu e Silva
Imagem | Ana Gandum, Inês Abreu e Silva e Nina da Silva
Montagem | Nina da Silva
Produção | Manuel António Pereira
Design gráfico | Inês Maldonado
Som | Pedro Lourenço

Oficina de costura: como fazer um saco dobrável

oficina de costura